Arquivo

Archive for maio \25\UTC 2010

Biblioteca da USP com 40 mil livros fica pronta em outubro

25/05/2010 Comentários desligados

Brasiliana, cujo acervo foi doado por José Mindlin, já tem 3.000 livros para download.

Com previsão de entrega para o fim de outubro, a biblioteca Brasiliana da USP será uma das maiores da universidade, com 40 mil volumes. Seu conteúdo será o mais completo em assuntos brasileiros do país e vai incluir, além de 500 mil documentos de arquivo, o acervo do IEB (Instituto de Estudos Brasileiros), com 150 mil títulos – entre livros, manuscritos, registros oficiais e fotos antigas.

O complexo da biblioteca será instalado na Cidade Universitária (zona oeste de São Paulo), entre os prédios da reitoria e da FFLCH (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas). A construção, cujo custo previsto é de R$ 30 milhões, terá 20 mil metros quadrados – vai incluir anfiteatro e outras instalações.

O acervo da Brasiliana é parte da doação de mais de 20 mil obras do bibliófilo José Mindlin, que tem o maior acervo particular do país, para a USP. Somente a biblioteca deve ser terminada neste ano – a construção completa está prevista para ser entregue em 2011.

Coordenada pelo professor de história da USP István Jancsó, a Brasiliana tem como referências a biblioteca pública de Nova York e biblioteca nacional de Paris. Ela vai contribuir com as pesquisas acadêmicas de instituições de ensino superior de todo o país, inclusive as do Estado de São Paulo, afirma o professor, em um vídeo do projeto:

– A idéia é transformar todo o projeto [do complexo da biblioteca] em um centro para pensar a cultura e memória brasileira. Tem que ser acessível a todo mundo.

Fonte

Anúncios
Categorias:Sem categoria

Brasiliana da USP já tem 3.000 livros para download

25/05/2010 Comentários desligados

O site da Brasiliana – biblioteca com mais de 40 mil volumes que a USP deverá inaugurar em outubro – já oferece 3.000 documentos para download, incluindo o primeiro livro impresso no Brasil, de 1747. Os planos da universidade são de ampliar a oferta para até 25 mil títulos. Serão incluídas obras como o original de Hans Staden, colonizador alemão aprisionado por índios no litoral fluminense em 1554.

Já estão disponíveis na internet as primeiras edições dos livros de Machado de Assis e dos sermões do padre Antonio Vieira, além do primeiro dicionário de língua portuguesa impresso em Portugal, entre 1712 e 1728.

A digitalização do acervo da Brasiliana é feita por um robô importado dos Estados Unidos, apelidado de Maria Bonita. A máquina permite escanear cerca de 2.400 páginas por hora, o equivalente a 50 mil livros por dia. Ela foi comprada por cerca de R$ 450 mil, com recursos da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa no Estado de São Paulo).

Site do Acervo para download

Fonte:

Nova Biblioteca da USP

Categorias:Sem categoria

Censo aponta falta de bibliotecas públicas em um quinto das cidades brasileiras

25/05/2010 Comentários desligados

Um quinto das cidades brasileiras – 1.152, entre 5.565 municípios – não possui ou ainda está implantando bibliotecas públicas municipais, segundo um censo nacional das instituições, realizado pela FGV (Fundação Getúlio Vargas) a pedido do Ministério da Cultura. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (30) e correspondem a 2009.

A pesquisa aponta que 420 municípios – 7,5% do total – tiveram suas bibliotecas extintas ou nunca abriram espaço de leitura. Outros 723 (13%) estão montando ou reinaugurando seus acervos. No total, são 4.763 bibliotecas municipais em todo o país – uma cidade pode abrigar mais de uma instituição de leitura e empréstimo de livros.

Veja mais

Categorias:Sem categoria

Mais cidades têm bibliotecas, mas cai total de municípios com livrarias

19/05/2010 Comentários desligados

De 1999 para 2009, cresceu em 22% total de cidades com bibliotecas.
IBGE divulgou nesta quinta-feira (13) pesquisa com perfil dos municípios.

O total de municípios brasileiros com bibliotecas públicas aumentou  22% entre 1999 e 2009, enquanto que o percentual de cidades com pelo menos uma livraria diminuiu 21%, aponta a nova edição da Pesquisa de Informações Básicas Municipais (Munic), divulgada nesta quinta-feira (13) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

fonte

Categorias:Sem categoria

A importância dos Livros . Caso Butantan em SP após incêndio.

18/05/2010 Comentários desligados
Só livros ainda registram as serpentes do Butantan

Veja a reportagem na íntegra!! Jornal da Ciência 18/05/2010

Catálogo traz informações sobre espécimes desde 1901; animais se perderam

Embora quase todo o acervo de 85 mil exemplares de serpentes da coleção científica do Instituto Butantan tenha sido destruído pelo incêndio que aconteceu no último sábado, os livros-tombos, que contêm os registros de cada animal catalogado, estão intactos.

A informação foi dada pela bióloga Myriam Calleffo, responsável pela recepção dos animais que a população entregava para fins científicos ao instituto. “Esses livros estavam em outro prédio, por isso não se perderam. Não sei quantos são, mas eles contêm informações de cada bicho, desde o primeiro, que foi catalogado em 1901.”

O livros-tombos têm dados sobre quem trouxe e quem recebeu o animal, local onde foi encontrado, nome científico e nome popular, data de coleta, entre outros detalhes. Segundo a bióloga, esses dados podem servir para um levantamento zoogeográfico (sobre a distribuição geográfica das espécies).

Sobre o arquivo digital, que teria informações de todo o acervo do Prédio das Coleções, há informações de que a digitalização foi feita em um computador que estava no interior do edifício e que, portanto, também se perdeu no fogo. Cópias de segurança também estariam no mesmo prédio, embora uma funcionária que não quis se identificar afirme que 50% desses backups estejam a salvo.

Categorias:Sem categoria