Arquivo

Archive for the ‘Sistemas & Web’ Category

Google Books lança página para acesso a revistas digitalizadas

09/11/2009 Comentários desligados

O Google lançou nesta quinta-feira (5/11) uma nova interface com uma lista de todas as revistas digitalizadas pelo Google Books.

O autor do recurso é o engenheiro Jeffrey Peng. Ele afirma, em post publicado no blog oficial do serviço, que a novidade chega após pedidos de amigos e integrantes de sua família e até mesmo um grupo na rede social Facebook pedindo que a localização de revistas fosse mais fácil.

No final de setembro, o Google Books anunciou a digitalização de 1.860 edições da revista LIFE, publicadas no período entre os anos de 1936 e 1972

Anúncios
Categorias:Sistemas & Web

Google compra empresa para ajudar na digitalização de jornais e livros

21/09/2009 Comentários desligados

O Google anunciou nesta quarta-feira (16/9) a compra da reCAPTCHA, empresa responsável pela tecnologia que previne a automatização no registro de contas, chamada tecnicamente de CAPTCHA.

O CAPTCHA apresenta ao usuário um termo ou letras e números aleatórios que devem ser digitados durante a inscrição em um serviço ou na publicação de um comentário em um fórum como forma de dificultar a ação de scripts e spammers.

O interesse do Google na aquisição, que não teve seu valor anunciado, porém, não está na tecnologia de prevenção, mas na de digitalização de termos. Muitos dos termos em CAPTCHAs da empresa vieram de livros e revistas antigos digitalizados, segundo o co-fundador da ReCAPTCHA, Luiz Von Ahn, e o diretor de produto do Google, Will Cathcart.

Toda vez que digita uma palavra apresentada por um CAPTCHA da empresa, o usuário está ajudando a transformar uma imagem digitalizada em texto, o que faz com que o conteúdo de livros e jornais compilados pelo Google Books e pelo Google News Archive seja mais facilmente catalogado e passível de ser buscado.

“Aplicaremos a tecnologia dentro do Google não apenas para aumentar a proteção contra fraudes e spam nos produtos do Google, mas também para melhorar nosso processo de digitalização de jornais e revistas”, afirmaram von Ahn e Cathcart em post no blog da empresa.

fonte:

http://idgnow.uol.com.br/mercado/2009/09/16/google-compra-empresa-para-ajudar-na-digitalizacao-de-jornais-e-livros/

Categorias:Sistemas & Web

Cronologia dos 40 anos de história da internet

Veja os marcos no desenvolvimento e crescimento da internet, que chega aos 40 anos nesta quarta-feira:

Len Kleinrock, pioneiro da internet.

Len Kleinrock, pioneiro da internet.

1969: Em 2 de setembro, dois computadores na UCLA (Universidade da Califórnia, Los Angeles) trocam dados sem sentido no primeiro teste da Arpanet, uma rede militar experimental. A primeira conexão entre dois locais –a UCLA e a Stanford Research Institute, também na Califórnia– acontece em 29 de outubro, apesar de a rede ser interrompida após digitarem as duas primeiras letras da palavra “logon”. A Universidade da Califórnia Santa Bárbara e a Universidade de Utah também se juntam à rede depois.

1970: A Arpanet chega à sua primeira ligação na costa leste dos Estados Unidos, na empresa Bolt, Beranek e Newman –agora BBN Technologies–, em Cambridge, Massachusetts.

1972: Ray Tomlinson traz também o e-mail à rede, escolhendo o símbolo “at” ou “@” como maneira de especificar endereços de e-mail pertencendo a outros sistemas.

1973: A Arpanet ganha suas primeiras ligações internacionais, na Inglaterra e Noruega.

1974: Vint Cerf e Bob Kahn desenvolvem a técnica de comunicações TCP, permitindo que múltiplas redes se compreendam, criando a verdadeira internet. Posteriormente, o conceito se divide em TCP/IP antes de sua adoção formal, em 1º de janeiro de 1983.

1983: O DNS (Domain Name System) é proposto. A criação de sufixos como “.com”, “.gov” e “.edu” chega um ano depois.

1988: Um dos primeiros worms da internet, Morris, causa danos a milhares de computadores.

1989: A Quantum Computer Services, agora AOL, inaugura o serviço America Online para computadores Macintosh e Apple 2, começando uma expansão que acabaria por conectar cerca de 27 milhões de norte-americanos em 2002.

1990: Tim Berners-Lee cria a WWW (World Wide Web) enquanto desenvolvia maneiras de controlar computadores a distância na Cern (Organização Europeia para Pesquisa Nuclear).

1993: Marc Andreessen e colegas na Universidade de Illinois criam o Mosaic, primeiro navegador a combinar gráficos e texto em uma única página, abrindo a web para o mundo com um software fácil de usar.

1994: Andreessen e outros na equipe do Mosaic formam uma empresa para desenvolver o primeiro navegador comercial, o Netscape. Isso chama a atenção da Microsoft e de outros desenvolvedores que iriam investir no potencial comercial da web. Dois advogados da área de imigração apresentam o spam ao mundo, ao fazer propaganda de seus serviços de “green card lottery” –programa de distribuição de vistos norte-americanos.

1995: A Amazon.com abre suas portas virtuais.

1998: Google monta um projeto iniciado nos dormitórios de Stanford. O governo dos Estados Unidos delega a supervisão das políticas relacionadas a nomes de domínios para a Icann (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers). O Departamento de Justiça e 20 Estados acusam a Microsoft, criadora do onipresente sistema operacional Windows de abusar de seu poder de mercado, frustrando a competição com o Netscape e outros.

1999: O Napster populariza o compartilhamento de arquivos de música, levando a sucessores que mudaram permanentemente a indústria das gravadoras. A população usuária de internet no mundo ultrapassa 250 milhões de pessoas.

2000: O “boom” das empresas de tecnologia dos anos 1990 dá lugar à explosão da bolha do setor. A Amazon.com, eBay e outros sites são seriamente prejudicados em um dos primeiros usos em larga escala do ataque de negação de serviço, que enche um site com tanto tráfico falso que usuários de verdade não conseguem visitá-lo.

2002: A população usuária de internet do mundo ultrapassa 500 milhões de pessoas.

2004: Marck Zuckerberg inicia o Facebook, em seu segundo ano de curso na Universidade Harvard.

2005: É inaugurado o site de compartilhamento de vídeos YouTube.

2006: A população usuária de internet do mundo ultrapassa 1 bilhão de pessoas.

2007: A Apple lança o iPhone, trazendo o acesso a internet sem fio a mais milhões de pessoas.

2008: Os usuários de internet do mundo ultrapassam 1,5 bilhões de pessoas. O total só na China chega a 250 milhões, ultrapassando os Estados Unidos como o país com a maior população usuária de internet do mundo. Os desenvolvedores do Netscape interrompem o navegador pioneiro, embora seu “sucessor”, Firefox, permaneça forte. Importantes companhias aéreas intensificam o uso de serviços de internet nos voos.

2009: O “Seattle Post-Intelligencer” torna-se o primeiro grande jornal diário a ficar exclusivamente online. O Google anuncia o desenvolvimento de um sistema operacional com foco na web.

fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u617940.shtml

Categorias:Sistemas & Web

Conheça o que é o “Twitter” !!! Nova Modalidade de Rede Social via Web.

Twitter é uma rede social e servidor para microblogging que permite aos usuários que enviem e leiam atualizações pessoais de outros contatos (em textos de até 140 caracteres, conhecidos como “tweets”), através da própria Web ou por SMS.[1]

As atualizações são exibidas no perfil do usuário em tempo real e também enviadas a outros usuários que tenham assinado para recebê-las. Usuários podem receber atualizações de um perfil através do site oficial, RSS, SMS ou programa especializado. O serviço é grátis na internet, mas usando SMS pode ocorrer cobrança da operadora telefônica.

Desde sua criação em 2006 por Jack Dorsey, o Twitter ganhou extensa notabilidade e popularidade por todo mundo. Algumas vezes é descrito como o “SMS da Internet”.[2]

A estimativa do número de usuários varia, pois a empresa não informa o número de contas ativas. Em novembro de 2008, Jeremiah Owyang estimou que o Twitter tenha de 4 a 5 milhões de usuários.[3] Em maio de 2009, um estudo analisou mais de 11 milhões e meio de contas de usuários.[4]

Em Fevereiro de 2009 o blog Compete.com elegeu o Twitter em terceiro lugar como rede social mais usada (Facebook em primeiro lugar, seguido do MySpace).[5]

Devido ao sucesso do Twitter, um grande número de sites parecidos foram lançados ao redor do mundo. Alguns oferecem o serviço para um país específico, outros unem outras funções, como compartilhamento de arquivos que era oferecido pelo Pownce.

Um estudo da Universidade de Harvard concluiu que apenas 10% dos usuários produzem 90% do conteúdo.[6]

Logo da Rede Twitter

Categorias:Sistemas & Web

Web semântica ? O que é isso ?

A Web semântica é uma extensão da Web atual.

. A Web semântica interliga significados de palavras e, neste âmbito, tem como finalidade conseguir atribuir um significado (sentido) aos conteúdos publicados na Internet de modo que seja perceptível tanto pelo humano como pelo computador.”]Web 3.0 Uma nova realidade !!A idéia da Web Semântica surgiu em 2001, quando Tim Berners-Lee, James Hendler e Ora Lassila publicaram um artigo na revista Scientific American, intitulado: “Web Semântica: um novo formato de conteúdo para a Web que tem significado para computadores vai iniciar uma revolução de novas possibilidades.”

O objectivo principal da Web semântica não é, pelo menos para já, treinar as máquinas para que se comportem como pessoas, mas sim desenvolver tecnologias e linguagens que tornem a informação legível para as máquinas. A finalidade passa pelo desenvolvimento de um modelo tecnológico que permita a partilha global de conhecimento assistido por máquinas (W3C 2001). A integração das linguagens ou tecnologias eXtensible Markup Language (XML), Resource Description Framework (RDF), arquiteturas de metadados, ontologias, agentes computacionais, entre outras, favorecerá o aparecimento de serviços Web que garantam a interoperabilidade e cooperação.

Ultimamente tem-se associado Web Semântica a Web 3.0, como um próximo movimento da Internet depois da Web 2.0 que já inicia seu crescimento.

Notícia sobre o Assunto:

http://info.abril.com.br/noticias/internet/a-web-do-futuro-e-semantica-23072009-6.shl

Categorias:Sistemas & Web

Vc sabe o que é Usabilidade?

A Usabilidade no seu cotidiano.Usabilidade é um termo usado para definir a facilidade com que as pessoas podem empregar uma ferramenta ou objeto a fim de realizar uma tarefa específica e importante.

A usabilidade pode também se referir aos métodos de mensuração da usabilidade e ao estudo dos princípios por trás da eficiência percebida de um objeto.

Na Interação Humano-computador e na Ciência da Computação, usabilidade normalmente se refere à simplicidade e facilidade com que uma interface, um programa de computador ou um website pode ser utilizado. O Termo também é utilizado em contexto de produtos como aparelhos eletrônicos, em áreas da comunicação e produtos de transferência de conhecimento, como manuais, documentos e ajudas online. Também pode se referir a eficiência do design de objetos como uma maçaneta ou um martelo.

Para desenvolver um sistema para bibliotecas, é necessário aplicar as regras de interação  para facilitar a busca pela informação pelo usuário no ambiente da biblioteca.

Categorias:Sistemas & Web